Página Principal Mapa do Site  |  Contactos  |  Termos e Condições  |  Política de Privacidade

Secções
Catálogo de Títulos
Séries TV
Espectáculos Musicais
Títulos só em Aluguer
Recursos On-line
Distribuidores
 
Últimas Novidades
20th Century Fox / PRIS
Estévez Seven
Filmes Unimundos
FILMS4YOU Cinema
Leopardo Filmes
Midas Filmes
PRIS Audiovisuais
Paramount Pictures / ZON
Sony Pictures / PRIS
Universal Pictures / ZON
Walt Disney / ZON
Warner Bros. / ZON
ZON Audiovisuais
Outras
 
Catálogos Antigos
Atalanta Filmes
Castello Lopes Multimédia
Cine Digital
Costa do Castelo
Divisa Home Video
LNK Audiovisuais
MPAudiovisuais
Prisvideo
Sony Pictures
Universal Pictures
Valentim de Carvalho
 
Pesquisar
 
Facebook
 
    
O REI DAS ROSAS

"Der Rosenkönig" (1987 - 101m)

SINOPSE
// LEÃO DE OURO
VENEZA 2008
PRÉMIO CARREIRA
- WERNER SCHROETER //

"O REI DAS ROSAS nasceu graças a Magdalena Montezuma, é o último filme em que aparece. Ela e Werner Schroeter escreveram a sinopse do filme, a história na sua forma mais simples e linear: a mãe, o filho, as rosas e a relação de posse, de domínio, entre as personagens. As rosas reflectem estes temas do filme: representam a beleza. Efémeras, com a cor vermelha do sangue, têm espinhos que podem fazer sofrer. São também o símbolo do amor e a convergência de todas as paixões: a rosa enreda os destinos das personagens, leva-as por diferentes caminhos e, ao mesmo tempo, reúne-as. A mãe e o filho habitam este roseiral, as rosas são o centro de toda a história. Magdalena e Werner, sobretudo, queriam muito esta utilização expressiva, intensiva, da rosa. Todas as línguas no filme, o alemão, o português, o inglês, o italiano, o francês, o árabe, compõem uma música. As rosas são o centro de toda a história, são a sua própria linguagem."

Não há adjectivos capazes de descreverem a alucinante experiência ("perceptiva") que "O Rei das Rosas" constitui. Mais vale repetir, simples e substantivamente, que não há mais nenhum filme assim.
-Luís Miguel Oliveira, Público

É um filme moderno, pela suprema liberdade com que se desprende de qualquer regra e de qualquer programa, mesmo de um programa modernista. Filme de luz, filme que luz.
-João Bénard da Costa, O Independente


REALIZADOR
Werner Schroeter

INTÉRPRETES
Magdalena Montezuma, Mostefa Djadjam, Antonio Orlando, Karina Fallenstein, Sintra, Montijo.
VIDEO
Standard 1.66:1 [4:3]

AUDIO
Alemão Dolby Digital 2.0
Francês Dolby Digital 2.0
Inglês Dolby Digital 2.0
Português Dolby Digital 2.0
Italiano Dolby Digital 2.0
Árabe Dolby Digital 2.0

LEGENDAS
Português

OPÇÕES ESPECIAIS
Selecção de Capítulos

DISCOS/LADOS
1 disco de 1 lado

ESTÚDIO(S)
Futra Film
Metro Filmes
Thomas Harlan
Les Films du Passage
António Vaz da Silva
Filmverlag der Autoren
Rotterdam Film Festival
Road Movies Filmproduktion
Udo Heiland Filmproduktion
Werner Schroeter Filmproduktion
Gémini Films

INFORMAÇÃO ON-LINE SOBRE O FILME



  DVDpt - Toda a informação sobre DVDs


Mapa do SiteContactosTermos e CondiçõesPolítica de Privacidade



© 1997-2014 Devmedia - Todos os direitos reservados.